Museu Imperial
  Localizado no mais antigo palácio Imperial de Petrópolis, residência de verão do imperador d. Pedro II. O museu Imperial proporciona uma viagem pela história do Brasil, com enfase no cotidiano da família imperial em Petrópolis.  
 
Casa de Cláudio de Souza
  Antiga residência de verão do escritor, teatrólogo Cláudio de Souza, a casa pertence hoje ao museu imperial. Abriga uma esposição sobre a vida obra de seu titular, exposições temporárias e eventos culturais.  
 
Palácio Rio Negro
  Construído em 1889 pelo Barão do Rio Negro, o Palácio foi, ao longo de sua história, sede do governo de estado do Rio de Janeiro e residência oficial de verão dos presidentes da República- tradição que ainda mantém, hospedando presidentes quando solicitado.  
 
Museu de Cera
  O museu de cera de Petrópolis é um lugar de entretenimento, pesquisa e interatividade capaz de unir o imaginário à pesquisa acadêmica, despertando no público o interesse pela história, contada através de grandes personalidades brasileiras e internacionais.  
 
Casa de Stefan Zweig
  Museu em homenagem ao escritor austríaco que se refugiou no Brasil durante a II Guerra Mundial, sua vida , sua obra e memorial do Exílio, em homenagem a todos os que encontraram um novo lar neste país.  
 
Museu Casa do Colono
  Com sua edificação ainda intacta, a casa construída em 1847 por um imigrante germânico abriga objetos de uso cotidiano, instrumentos de trabalho, fotografias e outros acervos que proporcionam uma viagem às origens e tradições da colonização germânica em Petrópolis.
 
Museu da FEB
  O museu da força expedicionária Brasileira foi inaugurado em 08 de maio de 1982. Possui um acervo de 1297 peças, doadas por febiános e viúvas, e conta a história da II Guerra Mundial na Itália contra os alemães.
 
Casa da Ipiranga
  A casa da Ipiranga foi idealizada em 1884 por José Tavares Guerra, em estilo Quenn Vitória. Possui sua decoração original, além de um jardim projetado por Auguste Glaziou, único original no Brasil.
 
Museu Casa do Santos Dumont
  Chalé alpino, construído em 1918 por Alberto Santos Dumont, pioneiro da aviação. Inovadora, criativa e funcional, revela nos seus detalhes arquitetônicos e ddesign do mobiliário a personalidade futurística do seu proprietário.
 
Cervejaria Bohemia
  Cenários cuidadosamente montados, painéis de tela sensível ao toque, som e luzes. Tudo foi feito para entreter e celebrar a história da bebida mais popular do planeta. Pesquisa e tecnologia transformaram o lugar e um dos maiores centros cervejeiros do mundo.